2021 - claudioloes

Cláudio Loes
Ir para o conteúdo

2021

Efemérides
Efemérides,   conforme o Dicionário Houaiss "livro, agenda em que se relacionam os acontecimentos de cada dia; diário"
e o Dicionário Aurélio, um "diário, livro ou agenda em que se registram fatos de cada dia".
Para replicar, parte ou todo desta página e de todo o site é preciso consentimento, autorização, permissão por escrito do autor.
Brasileiro. 18/01/2021
Quanto ao brasileiro ser educado e que valoriza a boa conduta, as boas ações e toda a lista que podemos colocar, não tenho mais nenhuma ilusão ou expectativa. A Europa não nasceu culta, e temos um caminho enorme pela frente. Se pegar pelos países asiáticos, tudo é milenar. Então, volto a dizer que o caminho é longo. Isso também não quer dizer que desisto, um livro aqui, um poema ali, uma conversa acolá, fazendo eu mesmo aquilo que o brasileiro deveria ser. Se for mau interpretado ou não também deixou de ter importância. Como não guardo citação exata de cor, vou no religar.net porque sei onde guardei. E lá está a citação que cada vez fica mais clara para mim. “Através dos séculos existiram homens que deram o primeiro passo ao longo de novos caminhos, sem outros recursos além de sua própria visão”, da filósofa Ayn Rand. Vou criando visões que dão direção e desencadeiam ações concretas, muitas podem não dar em nada, fracassar no meio do caminho e até chegarem ao final. Mas, nem por isso vou desistir.

A cada ano. 1/1/2021
A cada ano nos enchemos de esperança. Muitos fazem planos e promessas, e outros tantos brindam, enquanto outros choram. Afinal, o dia segue seu curso, e não temos uma marca, uma ligação profunda com o acontecimento. Temos a passagem de um ano com base em um calendário adotado em 1582, o calendário gregoriano.
Pessoalmente, eu gostaria de poder comemorar mais os equinócios e solstícios, relacionados com a posição do sol em relação à Terra, por serem marcas iguais para todos nós. Isso, sem esquecer as fases da lua, por serem, também,  marcas iguais para todos nós, mas isso tudo foi posto de lado e perdemos nossa conexão com a natureza, mesmo sendo ela a única que nos dá a vida a cada dia.
Peço que não entenda isso como um sermão ambientalista, porque essa não é a intenção.
A intenção e o desejo é que todos nós possamos neste ano de 2021 e nos outros que se seguirão, ficar todos os dias mais atentos e seduzidos por um maior relacionamento com a natureza, com seus ciclos e com todas as pessoas. Ter somente aquilo que nos é essencial e reservar mais tempo nos conhecermos mais e melhor.
Acordar todos os dias e buscar uma compreensão mais ampla, na busca da verdade e da essência de nossa humanidade.



Voltar para o conteúdo